Bairros ficam sem água após furto de fios de bombas da Caerd em Guajará Mirim

Bairros ficam sem água após furto de fios de bombas da Caerd em Guajará Mirim

Guajará-Mirim, RO  - Os 15 bairros da cidade estão sem água por mais de 12 horas após cerca de 800 metros de fios de duas bombas de captação da Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia (Caerd) serem furtados às margens do Rio Mamoré durante a madrugada deste domingo (8), em Guajará-Mirim (RO), a 330 quilômetros de Porto Velho. De acordo com a Caerd, a previsão é que o fluxo de abastecimento seja reestabelecido ainda neste domingo.

Procurada pelo G1, a gerente da Caerd no município, Creuzelina Ângela Ribeiro, declarou que a ação dos criminosos causou um prejuízo de aproximadamente R$ 7 mil em fiações. O crime aconteceu por volta de 1h da manhã, e os funcionários do órgão trabalharam no local desde às 6h para substituir os fios furtados.

Fios que estavam aterrados também foram cortados (Foto: Júnior Freitas/G1)Fios que estavam aterrados também foram cortados
(Foto: Júnior Freitas/G1)

"Quem fez isso sabia o que estava fazendo. Primeiro desligaram a chave de energia e depois cortaram todos os fios, em seguida levaram os que estavam aterrados. Toda a cidade ficou sem água e trabalhamos a manhã inteira para que o serviço de abastecimento voltasse ao normal o mais rápido possível", conta.

Após ficar sabendo que os fios haviam sido furtados, a servidora acionou a Polícia Militar (PM) e registrou um boletim de ocorrência na Delegacia Regional de Polícia Civil. A PM esteve no local pela manhã e constatou o furto; a guarnição realizou buscas pelos suspeitos, mas ninguém foi localizado.

Ainda de acordo com a Caerd, no local não fica nenhum funcionário durante o período noturno, apenas durante o dia. Até o fechamento desta reportagem, nenhum suspeito foi identificado ou preso.

Comente esta Notícia