Cenário é desfavorável a Eduardo em conselho

Cenário é desfavorável a Eduardo em conselho

Porto Velho, RO - Se for mesmo parar no Conselho de Ética da Câmara, como quer a oposição, Eduardo Bolsonaro não encontrará um cenário amigável: três das quatro vagas do PSL, por exemplo, estão com a ala ligada a Luciano Bivar, em guerra aberta contra a família do presidente da República. O chamado “blocão” (Centrão e agregados) tem 24 das 42 vagas de titulares e de suplentes. Sem uma base de apoio até agora, o governo trabalha para evitar a qualquer custo que o caso da declaração do deputado de “novo AI-5” prospere no conselho, como sonha a oposição.

Trâmite. Conforme revelou o blog da Coluna, a oposição protocolará o pedido de cassação de Eduardo na próxima terça no Conselho de Ética. Automaticamente, o prazo para a defesa prévia é aberto. Só depois, os deputados votam pela admissibilidade ou não do pedido.

O cara. O presidente do conselho é Juscelino Filho (DEM-MA), considerado um moderado. Ao Estado, ele disse ver as declarações como “graves”, mas não entrou no mérito do decoro.

Roda… Um dos desafetos de Eduardo no Conselho de Ética é Delegado Waldir (GO), de quem o filho do presidente tirou a liderança da bancada do PSL.

…da fortuna. Waldir afirma que o processo será difícil para o filho do presidente. “Eles vêm incitando e armando a população. Ferem a Lei de Segurança Nacional. Eduardo deve pensar que está em Cuba”, diz.

CLICK. Sindicalistas se reuniram com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, em São Paulo. Na pauta, uma nova estrutura sindical e a modernização das entidades.

Fui pra Cuba. Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT, está em Havana, para a Jornada Anti-imperialista pela Democracia e contra o Neoliberalismo. Junto dela, Mônica Valente, secretária executiva (cargo máximo) do Foro de São Paulo.

Tchau. Após embate com Jair Bolsonaro, Wilson Witzel perdeu seguidores nas redes sociais. No Instagram, foram 24,6 mil; no Twitter, representou 5% dos seus seguidores.

Spam. Os deputados da comissão especial que analisou o novo marco do saneamento básico receberam uma enxurrada de mensagens contrárias ao relatório do deputado Geninho Zuliani (DEM-SP) nos seus celulares – de alguma forma, seus números vazaram. Alguns parlamentares receberam mais de mil de ‘zaps’.

SINAIS PARTICULARES.

No… O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, quer promulgar a reforma da Previdência depois de aprovada na Casa a PEC paralela, ou seja, entre os dias 12 e 19 de novembro.

…embalo. Alcolumbre aposta em acordo para quebrar o interstício depois da votação do texto na CCJ, na próxima quarta-feira. “Os senadores sabem da nossa responsabilidade com a PEC paralela (inclusão de Estados e municípios)”, disse à Coluna.

Retaguarda. O senador José Serra (PSDB-SP) apresentou um projeto de lei para direcionar 5% dos recursos do petróleo destinados ao Fundo Social para mitigar efeitos de desastres ambientais com o óleo. Nas estimativas do tucano, a proposta deve gerar R$ 900 milhões por ano.

Liberais. A deputada distrital Julia Lucy (Novo-DF) e a estadual Laura Serrano (Novo-MG) passam a integrar o movimento Livres. Outros dois vereadores de capitais também se associaram: Mazinho dos Anjos (PSD), de Vitória (ES), e Thiago Lucena (PMN), de João Pessoa (PB).

PRONTO, FALEI!

Marcelo Ramos, deputado federal (PL-AM): “Eduardo deveria ter terminado a declaração renunciando ao mandato, já que não acredita na democracia como saída para os problemas de nosso País.”