Dois advogados são presos na Operação Lei Seca

Dois advogados são presos na Operação Lei Seca

Dois advogados foram presos ao serem flagrados durante a operação Lei Seca dirigindo sob o efeito de álcool na madrugada deste sábado (21), em Porto Velho. No total, dez motoristas foram conduzidos para a Central de Flagrantes ao serem parados nas blitze realizadas nos bairros Embratel e Nova Esperança, capital, pela Companhia Independente de Trânsito da Polícia Militar em conjunto com o Departamento de Trânsito de Rondônia (Detran).

Em um dos casos, segundo a polícia, o advogado J.A.S., de 50 anos, foi preso após fugir da blitz na Avenida Buenos Aires. Ao avistar a polícia, o homem fez uma manobra, os policiais deram ordem de parada, mas ele desobedeceu, dando início a uma perseguição. Após perder o controle do carro, ele colidiu o veículo contra uma árvore, tentou fugir a pé, mas foi detido. Ao fazer o teste do bafômetro foi constatado que o advogado tinha ingerido bebida alcoólica. O resultado do bafômetro foi de 0,35 mg/L. Alterado, J.A.S. se recusou assinar os documentos das medidas administrativas e foi encaminhado para a delegacia. 

No mesmo local, a advogada J.R.S.S., 28 anos, foi abordada e ao realizar o teste de bafômetro foi constatado 0,61 mg/L de álcool no sangue. Ela recebeu voz de prisão e foi encaminhada para a Central de Flagrantes. 

Todos os motoristas flagrados dirigindo sob o efeito de álcool foram encaminhados para a Central de Flagrantes de Porto Velho e os veículos removidos ao pátio do Detran.