Dono da fazenda em Colorado do Oeste morre após levar tiro diante da namorada em Vilhena

Dono da fazenda em Colorado do Oeste morre após levar tiro diante da namorada em Vilhena

Não resistiu e morreu pouco depois de dar entrada no Hospital Regional de Vilhena, na tarde desta sexta-feira, 11, o fazendeiro Lauro Teixeira Júnior, de 54 anos. Ele foi resgatado em casa, na avenida Perimetral, divisa dos bairros Moysés de Freitas e Cristo Rei. Lauro levou um tiro na presença da namorada, com quem estava na residência.

Um policial que atua no caso disse que a arma usada no crime foi um revólver, com base na cápsula encontrada no local do ataque.

Segundo revelações feitas pela parceira da vítima, que se identificou como Eva e é moradora de Goiânia (GO), o casal estava dormindo quando escutou um barulho. No momento em que saiu para ver o que era, o produtor rural foi surpreendido por um homem usando capacete, que disparou em sua direção. O tiro atingiu a vítima na altura do peito.

Um funcionário de Teixeira foi entrevistado pelo FOLHA DO SUL ON LINE quando chegava ao HR. Ele disse que o patrão era dono de uma fazenda a cerca de 25 km de Colorado do Oeste e criava porcos na propriedade.

Eva, a única testemunha da execução, disse que não falaria com a imprensa. Mas, aos policiais que a interrogaram no hospital, ela disse que esta era a primeira vez que vinha a cidade, embora já estivesse namorando Lauro há algum tempo.