É FAKE, Briga entre alunas que termina em morte! “Quebrou o pescoço dela”

É FAKE, Briga entre alunas que termina em morte! “Quebrou o pescoço dela”

Três vídeos que circula nas redes sociais, mostram várias meninas brigando na Escola Estadual Alberto Barreiros em Teófilo Otôni, MG. Briga entre alunas termina em morte trágica de aluna.

Uma das garotas parte pra cima e uma outra jovem que supostamente estuda também na mesma escola, é espancada com diversos socos, tapas e chutes enquanto a jovem agredida sem esboçar qualquer reação acaba caindo batendo com a cabeça no chão.

A jovem agressora acaba chutando seu rosto e aparentemente acaba pisando no pescoço da menina que já estava indefesa e ela fica desacordada.

Em um audio recebido pela direção do site, um homem não identificado informa que a garota que brigou na escola teria quebrado o pescoço e morrido por causa das agressões.

“Todo mundo filmando mas, ninguém teve a coragem de separar a briga que acabou em tragédia e destruindo por completo uma família que certamente acreditava que a escola seria um lugar seguro, disse uma pessoa que viu os vídeos”.

Após recebermos mensagem, foi supostamente constatado que a menina agredida que ainda não teve o nome identificado, veio a falecer.

 Briga entre alunas termina em morte

Tanto a jovem que agrediu, quanto a agredida não tiveram seus nomes revelados até o fechamento dessa matéria.

Evitamos colocar os vídeos em respeito a família da vitima e aos nossos leitores por se tratar de cenas bastantes violentas.

Essa briga não foi na Escola Estadual Alberto Barreiros em Teófilo Otôni, MG e sim foi na Escola Estadual Raimundo Ribeiro de Souza na cidade de Tucuruí no Pará e a moça graças a Deus não morreu.

Com essas atualizações, o site pede desculpas pelas informações anteriores. INFORMAÇÃO FALSA 

Saiba realmente o que aconteceu! Atualizando informações sobre o caso:

Essa briga não foi na Escola Estadual Alberto Barreiros em Teófilo Otôni, MG e sim foi na Escola Estadual Raimundo Ribeiro de Souza na cidade de Tucuruí no Pará, e a moça, graças a Deus, não morreu.

Uma briga entre quatro alunas da Escola Estadual de Ensino Médio Deputado Raimundo Ribeiro de Souza, em Tucuruí, no sudeste paraense, protagonizou cenas violentas, e resultou em uma estudante desacordada e outras três feridas na manhã desta quinta-feira (25).

Segundo informações da direção da escola, as alunas envolvidas na confusão fazem parte de dois times de handebol rivais. Após partida entre ambos na última quarta-feira (24), duas alunas teriam provocado as demais, e no momento em que estavam entrando na instituição na manhã de hoje (25), iniciou-se uma discussão, o que deu início às agressões físicas.

Um vídeo registrado por alunos da instituição mostra uma das meninas sendo violentamente agredida com socos, tapas e pontapés. Uma aluna chega a dar dois pisões no rosto de sua rival, que depois ficou desacordada e precisou ser atendida às pressas.

Uma colega da garota agredida tenta a defender, mas acaba sendo agredida também. Em outro registro, é possível ver a estudante sendo retirada desacordada do local onde ocorreu a confusão.

Importante:

A jovem que sofreu as agressões mais fortes foi encaminhada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para realização de exames, onde encontra-se internada. As demais envolvidas foram conduzidas à Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam), onde prestaram depoimento. A Polícia ainda vai ouvir o depoimento da agredida que está recebendo atendimento médico.

Segundo a direção da escola, todas as providências foram tomadas e o caso foi encaminhado para o Ministério Público Estadual (MPE), e a coordenação da instituição de ensino está acompanhando todo o processo. O próximo passo será a transferência das alunas para outras escolas do município.