É possível que ninguém defenda Temer nas eleições, diz governador do MDB

São Paulo, SP - O governador de Rondônia, Confúcio Moura (MDB), considerou possível que nenhum candidato a presidente defenda o governo de Michel Temer, seu correligionário, nas eleições de 2018. No entanto, Moura disse crer que o tempo servirá para registrar os "feitos" da atual administração.

"É possível que ninguém faça a defesa dele [Temer]. O tempo fará. Não dá para dizer nada agora, estamos no calor do fogo. Então não dá para fazer defesa do Temer [nas eleições], porque a população já está dizendo: ele está com 6% de aceitação, é baixíssimo. Mas o tempo, a história há de registrar os seus feitos."

Em entrevista ao UOL em São Paulo, o governador declarou que o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (PSD), pode vir a ser o candidato governista caso a recuperação da economia se consolide no ano que vem.

"Não digo que ele [Meirelles] vá ganhar a eleição, mas tem condição de apresentar uma proposta para o Brasil de continuidade de reformas e de um objetivo à vista", afirmou.