Executivo de RO é aprovado no Senado para diretoria da Aneel

Executivo de RO é aprovado no Senado para diretoria da Aneel

Na Eletrobras Distribuição Rondônia desde 2003, onde tomou posse como diretor de gestão em 2017, Efrain Cruz foi aprovado pela Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado Federal para o cargo de diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Ele foi sabatinado ontem e aprovado para a exercer a função. Graduado em Direito pela Faculdade de Ciências Humanas, Exatas e Letras de Rondônia, Efrain Pereira da Cruz tem Especialização em Direito Público e Privado e Pós-graduação em Direito de Energia.

Ingressou no serviço público por meio de concurso público da Força Aérea Brasileira, em 1998. Em 2002, entrou para o Corpo de Bombeiros de Rondônia. No ano seguinte foi cedido pelo governo estadual para atuar nas Centrais Elétricas do Estado de Rondônia, antiga Ceron.

Na mesma sabatina, o engenheiro civil André Pepitone, com Especialização em Economia pela Universidade George Washington nos Estados Unidos, foi aprovado para a direção geral da Aneel, em substituição a Romeo Donizete Rufino. Um dos temas debatidos durante a sabatina foi o projeto de lei que viabiliza a privatização de seis distribuidoras de energia da Eletrobras, aprovado na terça-feira pela Câmara. Segundo o presidente da CI, senador Eduardo Braga (MDB-AM) o Senado deve analisar a proposta com atenção e sem pressa. “Existem privatizações e privatizações.

Existem concessionárias que estão com sua questão regulatória resolvida. Existem outras que não. A Câmara aprovou o PL que trata da matéria. Não há como o Senado deliberar sobre a venda de patrimônio público em regime de urgência no Plenário”, defendeu Braga. André Pepitone e Efrain Cruz reforçaram que cabe à Aneel fiscalizar o setor de forma a garantir o equilíbrio nas relações entre as empresas do setor de energia e o consumidor.