Governo de Rondônia já atendeu 2.200 quilômetros de estradas primárias e pavimentadas, neste segundo semestre de 2020

Governo de Rondônia já atendeu 2.200 quilômetros de estradas primárias e pavimentadas, neste segundo semestre de 2020

Porto Velho, RO - Em Rondônia, o Governo do Estado, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem e Transportes (DER), é responsável por mais de seis mil quilômetros de rodovias nos 52 municípios, sendo que desse total, mais de 1.600 km de vias são pavimentadas e o restante, primárias. Neste segundo semestre de 2020, os trabalhos ganharam intensidade e os resultados já fazem parte da rotina dos que trafegam, pois 2.200 quilômetros de estradas já foram atendidos.

São diversos serviços executados diretamente pelas quatro Usinas de Asfalto e 14 Residências Regionais da autarquia, dentre eles, pavimentação, restauração de rodovias pavimentadas, recuperação de rodovias primárias, recuperação de pontes e pontilhões em madeiras, corte de morros, instalação de tubos corrugados metálicos, sinalização e limpeza de lateral das rodovias, tudo isso com investimento próprio e execução direta, gerando economia e celeridade.

Os avanços de melhoria da trafegabilidade também passam na RO-420, onde 177 km estão sendo recuperados pelo DER

Cumprindo determinação do governador do Estado de Rondônia, coronel Marcos Rocha, de garantir os melhores resultados, com intensidade e qualidade, o diretor-geral do DER, Elias Rezende, informou que, neste segundo semestre de 2020, mais de 600 quilômetros de estradas pavimentadas foram recuperadas por homens e máquinas da autarquia.

“A nossa prioridade é garantir trafegabilidade segura e resultados duráveis, exemplo disso, é a qualidade do asfalto CBUQ (Concreto Betuminoso Usinado a Quente) que o Governo de Rondônia produz por meio das quatro usinas de asfalto do DER, que seguem o padrão DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes) numa composição de 16% de brita, 25% de pedrisco, 54% de pó de brita e 5% de CAP (Cimento Asfáltico de Petróleo)”, especifica o gestor da infraestrutura.

As rodovias primárias também estão sendo atendidas com qualidade e técnica para que no próximo inverno amazônico a população não sofra com atoleiros e lamaçal nas estradas. Assim, os serviços de patrolamento já percorreram 1.563,62 km, totalizando 32% de estradas primárias atendidas. Com cascalho de qualidade, os trabalhos de aplicação beneficiaram mais de 700 quilômetros; quanto aos serviços de limpeza lateral, 1.300 quilômetros já foram atendidos; para drenagem das estradas, as frentes de trabalho do DER já garantiram a construção de 211 bueiros de concreto e aplicação de 691 bueiros metálicos, além disso, 22 pontes já foram recuperadas com madeiras doadas pela Secretaria de Desenvolvimento Ambiental (Sedam), gerando resultados e movimentação na economia.

GESTÃO NA ESTRADA

Serviços estão sendo acompanhados de perto pelas equipes gestoras e técnicas do DER

Todos esses serviços estão sendo acompanhados de perto pelas equipes gestoras e técnicas do DER, formadas pela direção-geral, coordenadorias de Usinas de Asfalto, de Operação e Fiscalização, como também, residentes regionais e gerentes.

“Estamos todos voltados na incansável missão de padronizar a produção e aplicação da massa asfáltica, identificar ações prioritárias e garantir melhor uso dos recursos, por isso, já percorremos os seis mil quilômetros de estradas sob responsabilidade do Governo do Estado”, garante o diretor-geral Elias Rezende.

Os trabalhos seguem alcançando melhores resultados, gerando economia, evitando desperdícios de materiais, como também, evitando retrabalho, principalmente no período de chuvas, garantindo segurança e conforto na trafegabilidade das estradas e seus usuários.