Guilhotina: "Deus Salve o Rei" será encurtada para liberar atores

Guilhotina:

A ordem é liberar logo Marina Ruy Barbosa Divulgação

"Deus Salve o Rei" ganhou até um novo salvador, o dramaturgo Ricardo Linhares passou a supervisionar os textos de Daniel Adjafre, mas nada deve tirar o folhetim das 19h da Globo do caminho da guilhotina.

Isso mesmo. "Deus Salve o Rei" deve ser mesmo decepada. A novela, que tinha previsão inicial de terminar entre a última semana de julho e a primeira de agosto, pode perder quase um mês de exibição. O elenco da novela trabalhava com o dia 30 de julho como a data da exibição do último capítulo. Não será mais.

A ordem na Globo é já apressar a produção de sua sucessora, "O Tempo Não Para", e correr para liberar atores já comprometidos com outras novelas, como é o caso de Marina Ruy Barbosa.

Mocinha de "Deus Salve o Rei", Marina será protagonista da próxima trama de Aguinaldo Silva na Globo, "O Sétimo Guardião", e precisa ser liberada para começar a se preparar para o próximo folhetim.

Já a equipe de "O Tempo Não Para", de Mario Teixeira, trabalha com uma estreia programada para julho.

Um que já foi liberado de "Deus Salve o Rei" é Caio Blat. O ator teria se desentendido com o diretor do folhetim, Fabrício Mamberti. A confusão acabou chegando aos ouvidos do chefão da dramaturgia da Globo, Silvio de Abreu.

Querido por todos, Caio foi deslocado da novela e já encaixado em uma nova produção, que estreia só no próximo ano. O personagem dele irá morrer no folhetim das 19h.

Procurada, a comunicação da Globo diz não ter conhecimento ainda sobre mudanças no cronograma de "Deus Salve o Rei" e nega a briga entre ator e o diretor.