Morte de ex-prefeito pode ter sido encomendada, diz PM de Andreazza

Morte de ex-prefeito pode ter sido encomendada, diz PM de Andreazza

Ministro Andreazza, RO  - A Polícia Civil está investigando a morte do ex-prefeito de Ministro Andreazza(RO), Neuri Carlos Persch (PTB), que foi assassinado a tiros na noite da última quarta-feira (4), quatro dias após deixar o cargo da administração municipal. O delegado responsável pelas investigações ainda não quis falar sobre o caso. Já o comandante da Polícia Militar acredita que o crime foi encomendado, pois Neuri já tinha recebido ameaças de morte. Nenhum suspeito do crime foi preso. De acordo com informações da Polícia Militar (PM), Neuri estava perto da casa da mãe, quando dois homens em uma moto se aproximaram e efetuaram mais de 5 disparos contra a vítima. Ele morreu na hora, antes da chegada do resgate.

O comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar, Paulo Sytiá, acredita que pelas características do crime este tenha sido planejado e encomendado por alguém. Ainda de acordo com Sytiá, outro fator com contribui com a hipótese é que Neuri havia relatado ter sofrido ameaças de morte, quando era prefeito da cidade.

"Fizemos cercos em várias vicinais que dão acesso a cidade de Ministro Andreazza, mas neste tipo de crime, que possivelmente foi praticado por pistoleiros contratados por alguém é muito difícil de localizar os autores. Agora cabe a Polícia Civil investigar", explica.

O delegado responsável pelo caso não quis dar detalhes do crime para não atrapalhar as investigações. O corpo do ex-prefeito está foi velado na igreja Assembleia de Deus.

Crime

Neuri Carlos Persch foi assassinado a tiros na noite da última quarta-feira (4), quatro dias após deixar o cargo da administração municipal. De acordo com informações da Polícia Militar (PM), Neuri estava perto da casa da mãe, quando dois homens em uma moto se aproximaram e efetuaram mais de 5 disparos contra a vítima.

Conforme informações de testemunhas, após o crime os suspeitos fugiram de moto pelas ruas, próximo de um bosque. Por causa dos ferimentos provocados pelos disparos, o ex-prefeito morreu antes mesmo da chegada de socorro.

Neuri tinha atualmente 48 anos e, na quarta-feira (4), havia sido nomeado secretário de planejamento da prefeitura de Cacoal (RO), que fica a cerca de 40 quilômetros de Ministro Andreazza. No último domingo (1°), Neuri passou o cargo da prefeitura para Arnaldo.

Comente esta Notícia