Novos ataques a ônibus e locais públicos são registrados em Minas Gerais

Novos ataques a ônibus e locais públicos são registrados em Minas Gerais

Novos ataques a ônibus e locais públicos foram registrados entre a noite desta segunda-feira (4) e esta terça (5) no Triângulo Mineiro, Alto Paranaíba e Sul de Minas Gerais. Ao menos 28 pessoas foram detidas neste período.

Já são mais de 40 veículos incendiados e vandalizados no estado desde domingo (3). A polícia apura se a ordem dos atentados partiu de presos que são integrantes de facções criminosas.

Dez ônibus foram atacados em Uberlândia, Uberaba, Tupaciguara, no Triângulo, e Araxá, no Alto Paranaíba, entre a noite de segunda (4) e madrugada desta terça-feira (5). Em Tupaciguara, os atos criminosos ocorreram na rodoviária. Ainda em Uberaba, houve danos na fachada de um supermercado e em uma janela do prédio do Ministério Público. Nesse período, 11 pessoas foram detidas em três dessas cidades, segundo a Polícia Militar (PM). Não houve registro de feridos.

Na noite de segunda-feira (4), cinco ônibus do transporte coletivo foram incendiados em Passos, Machado, Alfenas e Itajubá, no Sul de Minas. Na última cidade, foram dois veículos danificados. Além dos ônibus, criminosos atearam fogo em uma viatura do Sistema Prisional de Varginha, em uma caminhonete em Passos e em um carro de agente penitenciário em Três Pontas. Segundo a Polícia Militar e Civil, 17 pessoas foram detidas na noite de segunda-feira.

Em nota, o governo de Minas Gerais informou que "está empenhado na resolução e no esclarecimento das motivações que levaram à queima de ônibus e outros eventos de segurança desde o último domingo, em diferentes cidades mineiras".