Polícia Federal realizou buscas e apreensões na casa de Gilson Nazif, Idéia Comunicação e IPAM

Polícia Federal realizou buscas e apreensões na casa de Gilson Nazif, Idéia Comunicação e IPAM

Porto Velho, RO - Desde o inicio da manhã desta segunda-feira (12) a Policia Federal está em campo, realizando operação com alvo no sistema de previdencia (IPAM) de Porto Velho. Estão sendo cumpridos diversos mandados de busca e apreensão.

Não está sendo cumprido nenhuma prisão na OPEC.

Uma das residencias alvo é a do irmão do prefeito, empresário Gilson Nazif. Outros pontos da capital estão sendo vasculhados. Mais informações em instantes.

Entre os alvos está o empresário Gilson Nazif, irmão do prefeito de Porto Velho Mauro Nazif (PSB), que foi levado coercitivamente à sede da Polícia Federal para prestar depoimentos. Agentes estiveram na casa e na empresa de Gilson, a Idéia Comunicação Visual, realizando apreensões de documentos.

PUBLICADO NO O OBSERVADOR EM 07/12/2016:

Porto Velho, RO – O jornal O OBSERVADOR obteve na tarde desta quarta-feira de forma anônima, foi deixada na redação por um desconhecido documentos que comprovam que a Superintendência da Polícia Federal em Rondônia esta investigando possível ato lesivo ao IPAM no valor de R$ 80 milhões de reais.

Segundo documentos o funcionário público municipal Rodrigo Ferreira Soares foi  no dia 01 de agosto de 2016 fazer uma denúncia ao delegado da Polícia Federal Bernardo Guidali Amaral onde relatou uma série de ilícitos que estariam sendo praticados pelo presidente do IPAM e o ex-secretário de Obras Gilson Nazif.

Rodrigo informa que é coordenador do comitê de investimentos do IPAM e é um dos responsáveis para análise e gestão de recursos previdenciários bem como pelas aplicações e que deixou o comitê em junho de 2016 em razão de divergências com o presidente José Carlos Couri e no mês de julho retornou ao comitê desta vez representando os servidores municipais.

Ele informa que o comitê é formado por cinco membros e que no começo de janeiro de 2016 o presidente do IPAM lhe chamou a sua sala e disse que o secretário de obras Gilson Nazif, irmão do prefeito Mauro Nazif teria lhe procurado e pedido para que ele fizesse o aporte de recursos ao fundo de investimentos da PLANNER da cidade de São Paulo no valor de R$ 80 milhões de reais.

Segundo Rodrigo Soares o presidente do IPAM lhe informado que estes recursos teriam que serem investidos na PLANNER, pois a mesma ia fazer aportes financeiros para campanha de reeleição do prefeito Nazif (PSB).

Ato continuo Rodrigo informou ao presidente do IPAM José Carlos Couri que não poderia autorizar, pois a política de investimentos do instituto é vedada a aplicação de recursos dos servidores em instituições que não sejam oficias – Banco do Brasil / Caixa Econômica Federal.

Nos documentos também é citado que membros do comitê teriam sofrido pressão para que autorizassem  e até teriam recebido proposta de propina no valor de R$ 100 mil reais cada da empresa PLANNER .

Os documentos informam que foram entregues a Polícia Federal cópias de email´s e vários documentos que comprovam a denúncia feita pelo servidor público municipal de Porto Velho Rodrigo Ferreira Soares.

Nossa reportagem tentou contato com o prefeito Mauro Nazif (PSB), presidente do IPAM José Carlos Couri, ex-secretário de Obras Gilson Nazif e servidores e membros do comitê citados no depoimento. 

PUBLICADO EM 08/12/2016:

Presidente do CMP/IPAM informa que realmente recebeu ordem para analisar investimentos na PLANNER no valor de R$ 80 milhões
Porto Velho, RO - O presidente do Conselho Municipal de Previdência do IPAM, Zenildo de Souza Santos assinou uma nota endereçado ao jornal eletrônico O OBSERVADOR onde informa que o IPAM previdência tem investido R$ 466.260.681,35 (quatrocentos e sessenta e seis milhões, duzentos e sessenta mil, seiscentos e oitenta e um mil reais e trinta e cinco centavos) em sete instituições sendo duas oficiais e cinco não oficiais.

Na nota de esclarecimento Zenildo Santos informa que o alvo da denúncia feita na Polícia Federal de um possível aplicação na empresa PLANNER no valor de R$ 80 milhões de reais não foi autorizado pelo Conselho de Previdência em 03 de março de 2016.

O presidente do CMP informa que o mesmo juntamente com o Comitê de Investimentos receberam do presidente do IPAM José Carlos Couri  um memorando para que fosse analisado, investimentos no valor de R$ 80 milhões na empresa PLANNER, mas informa que foi negado por unanimidade.

Zenildo Santos se limitou a falar sobre o pedido e os valores que o IPAM previdência tem em caixa, e disse que os demais fatos que não tem nada a declarar, pois alega que: “São assuntos aos quais não temos conhecimento”, e informa que a nota visa dar maior tranquilidade aos servidores municipais.

CONFIRA ABAIXO NOTA DE ESCLARECIMENTOS E RELAÇÃO DE INVESTIMENTOS DO IPAM PREVIDÊNCIA.



VALORES INVESTIDOS EM SETE INSTITUIÇÕES:

Comente esta Notícia