Prefeito de Ouro Preto do Oeste define equipe

Prefeito de Ouro Preto do Oeste define equipe

 

Ouro Preto do Oeste., RO - Diferente do que muitos deduziam o prefeito Vagno Gonçalves de Barros, o Vagno “Panisoly” (PSDC), escolheu assessores para compor o início de governo escolhido por ele sem interferência ou indicação do atual prefeito Alex Testoni e até de aliados de primeira hora, que em certo momento tentaram induzi-lo a colocar na relação nomes que não estavam na planilha da sua equipe de transição.

O prefeito que assume o mandato no dia 1º de janeiro vai fazer poucas mudanças, e não terá em seu governo os assessores especiais Mozaniel Pereira Niza, atual chefe de gabinete, e Paulo Fernandes Bicalho Filho, há oito anos à frente da Secretaria Municipal de Educação Cultura e Esportes (SEMECE), que saem nesta sexta-feira. 

O “gerente” geral da prefeitura, Antônio Zenildo Tavares Lopes, tem planos pessoais e também vai sair, mas permanece por três meses na Prefeitura para auxiliar a nova equipe do governo municipal, com informações técnicas sobre o modelo de gestão implantado pelo prefeito Alex Testoni, principalmente nas modalidades de obras, compras gerais e aquisições. 

Para o lugar de Moizaniel no gabinete do prefeito, assume Gilberto José da Silva, que coordenou a campanha de Panisoly e é seu principal homem de confiança; para a Secretaria de Educação, Vagno convidou o professor Luiz Carlos Polini, diretor da Escola Estadual Monteiro Lobato que hoje está entre as 20 melhores escolas públicas estaduais de Rondônia e na Secretaria de Infraestrutura e Obras (SEMINFRA), sai Luiz Carlos Soares e a pasta será comandada por Rougeri Fernando Brustolim, atual administrador do Centro de Saúde Ana Nery, do Jardim Aeroporto.

O coordenador da equipe de transição José Pinheiro Pedroza vai assumir a gestão da Secretaria Municipal de Administração (Semad), Denize Yamano continua à frente da Secretaria Municipal de Planejamento e Fazenda, Geany Oliosi Rodrigues deverá permanecer na Secretaria de Assistência Social (SEMAS) e o advogado Nelson Tacaaqui Sakamoto como procurador jurídico e no controle interno da prefeitura. O pregoeiro Eliabe Leone de Souza também continua no posto. 

Na Secretaria Municipal de Saúde (SEMSAU), o prefeito vai conversar com a atual gestora Marluci Brilhante para que ela permaneça por mais um mês no cargo até ele nomear o substituto. Quanto a Secretaria Municipal de Agricultura, que o prefeito pretende desmembrar da pasta da SEMINFRA, o nome escolhido é de Angelina Xavier, que não atua em nenhum órgão do setor, mas segundo Vagno ela tem boas ideias e projetos e ele aposta na sua capacidade. 

O futuro prefeito salientou que os demais cargos da Municipalidade não serão substituídos, por enquanto, e à medida que os novos assessores do primeiro escalão forem tomando conhecimento de suas pastas eles vão apresentando as mudanças que acharem necessário, mas não irão tomar decisões por conta própria. “Os chefes de departamentos, diretores de escolas, da área de saúde, podem ficar sossegados e trabalharem sem medo, podem organizar suas atividades que não haverá perseguições ou surpresas, vamos tomar medidas que acharmos ser necessárias quando tivermos pleno conhecimento de toda a situação, e planejarmos o nosso modelo de governo”, garantiu Panisoly.

O futuro prefeito ainda não oficializou os nomes dos assessores que irão compor o seu governo, mas deverá fazê-lo ainda hoje, depois de uma audiência que pretende ter na Promotoria de Justiça, com o promotor Evandro de Araújo Oliveira.

Comente esta Notícia