PSDB, PSD, PP, PR, PRB, SD e DEM se reúnem e formam frentão para federal e senadores, mas não decidem estaduais e governo

PSDB, PSD, PP, PR, PRB, SD e DEM se reúnem e formam frentão para federal e senadores, mas não decidem estaduais e governo

Na foto deputada federal Mariana Carvalho (PSDB) e o vice-prefeito de Ariquemes Lucas Follador (DEM), pré-candidatos a deputados federais

Porto Velho, RO –
O cenário político de Rondônia começa a se definir depois que o STF tornou o senador Ivo Cassol (PP-RO) inelegível e sete partidos se reuniram na tarde desta quinta-feira e decidiram formar um “Frentão” para Câmara Federal e Senado.

Os partidos PSDB, PSD, PP, PR, PRB, SD e DEM estarão coligados e apresentarão 16 nomes e já articulam e pensam em fazer pelo menos quatro deputados federais.

Os nomes de Mariana Carvalho (PSDB), Expedito Neto (PSD), Jaqueline Cassol (PP), Lindomar Garçon (PRB), Tiziu Jidalias (SD), Lucas Follador (DEM) e Luiz Cláudio (PR) são considerados os puxadores de votos.

SENADO FEDERAL
A surpresa da reunião é que o “Frentão” tem como postulantes o atual deputado federal Marcos Rogério (DEM-RO) e o vereador de Porto Velho Pastor Edésio (PRB), como pré-candidatos ao Senado Federal.

VILHENA
A segunda conversa do novo Frentão será dia 1º de julho na cidade de Vilhena, no mesmo dia da posse do prefeito eleito Eduardo Japonês (PV).

Segundo fontes do O OBSERVADOR em Vilhena começam as conversações para decidir como será as coligações para deputados estaduais e quem será o postulante ao Governo de Rondônia.

CONVENÇÃO
Mas a data da convenção já foi decidida será dia 05 de agosto na cidade de Ariquemes, mas antes serão realizados três encontros com os partidos aliados para debater a aliança que será para disputar as eleições 2018 para Câmara Federal, Assembléia Legislativa, Senado Federal e Governo de Rondônia.