Só 12 dos atuais deputados estaduais retornam a partir do próximo ano

Só 12 dos atuais deputados estaduais retornam a partir do próximo ano

Dos 21 deputados estaduais que concorriam a reeleição em Rondônia, metade vai retornar ao Parlamento no próximo ano. Nomes como Jesuíno Boabaid (PMN), Hermínio Coelho (PC do B) e Ribamar Araújo (PR) perderam a eleição de 2018. Os três eram representantes de Porto Velho, mas a cidade acabou mantendo uma boa representação na Casa de Leis com as reeleições de Jean Oliveira (PSDB), Aélcio da TV (PP), Anderson Pereira (Pros), além de dois vereadores que foram eleitos.

Não foram reeleitos Airton Gurgacz (PDT), Ezequiel Junior (PRB), Herminio Coelho (PDT), Jesuino Boabaid (PMN), Geraldo da Rondônia (PSC), Marcelino Tenório (PRP), Ribamar Araújo (PR), Saulo Moreira (PDT) e Só Na Bença (MDB).

Três dos atuais deputados, Maurão de Carvalho (MDB), Cleiton Roque (PSB) e Léo Moraes (Podemos) não concorreram a reeleição. Maurão perdeu a eleição para Governo. Léo Moraes foi o mais votado deputado federal. Já Cleiton Roque teve problemas com a Justiça Eleitoral.

Na Câmara Federal, apenas Expedito Netto (PSD), Mariana Carvalho (PSDB) e Lúcio Mosquini (MDB) retornam.