Usina de Jirau entra em funcionamento total

Usina de Jirau entra em funcionamento total

Nesta sexta-feira (16) a Usina Hidrelétrica de Jirau, foi inaugurada oficialmente com a presença do ministro das Minas e Energia Pedro Bezerra, do senador Valdir Raupp (PMDB-RO) e demais autoridades da região Norte. Jirau está instalada em Porto Velho.

Operando com suas 50 turbinas, a usina passa a gerar 3.750 MW, potencial energético suficiente para levar energia a mais de 40 milhões de pessoas, o que representa 3,7% de toda energia hidrelétrica gerada no Brasil, consolidando-se com a 3ª maior do país e 17ª no mundo.

Defensor da instalação do empreendimento no período em que ainda era governador do Estado entre 1995/1998 e quando foram iniciados os estudos preliminares, o senador Valdir Raupp falou sobre a importância da obra para o país.

"Jirau simboliza a capacidade de o país desenvolver grandes obras, abrindo o caminho para a produção de energia limpa com um preço competitivo. Essa é nossa missão atrair cada vez mais empreendimentos que possam fazer de Rondônia um símbolo de desenvolvimento para o Brasil", disse Raupp.

A Usina de Jirau é controlada pela Energia Sustentável do Brasil S. A (ESBR), uma joint ventura formada por Engie, Eletrosul, Chesf e Mitsui.
Vitor Paranhos, diretor presidente da Energia Sustentável do Brasil falou sobre o desafio da implantação do projeto. "O Brasil tem vocação para empreendimentos desta magnitude, Jirau trouxe diversas inovações na área ambiental e na construção civil que terá impacto positivo na tarifa do consumidor", declarou.

"Apesar de todas as dificuldades momentâneas que o Brasil está vivendo, temos nos fortalecido, pois empreendimentos como esse provam nossa capacidade de superação além de conectar Rondônia cada vez mais como o restante do país, gerando empregos e crescimento", disse o ministro Fernando Bezerra.

Comente esta Notícia