Enfermeira é esfaqueada por homem revoltado com restrições em hospitais

Enfermeira é esfaqueada por homem revoltado com restrições em hospitais

Porto Velho, RO - Uma enfermeira de uma unidade dos Cuidados Intensivos de um hospital britânico foi esfaqueada quando tentava acalmar um homem que estava indignado com as medidas de restrição impostas pela Covid-19 aos visitantes dos doentes internados.

Joanne Kelly, de 47 anos, foi operada de urgência no hospital onde trabalha, em  Wolverhampton, após o incidente que aconteceu nesta terça-feira.  

O suspeito, de 21 anos, foi detido no local.

Segundo testemunhas, o homem estaria agitado e indignado com as restrições às visitas no hospital e Joanne estaria  tentando acalmá-lo. 

O New Cross Hospital está tentando realizar um esquema para facilitar as visitas dos doentes, contudo com o número alto de casos de Covid-19 este esquema teve que ser interrompido.

A mulher não corre perigo de morte.